Aula 5 de Teoria da Comunicação : A Teoria Crítica

 

 

ss

 

Por Mariane Lagos

A Teoria Crítica consiste em um grupo de intelectuais frequentadores do Instituto de Pesquisa Social da Escola de Frankfurt, instituto que nasceu com uma inspiração marxista e que buscava fazer uma investigação social sobre a industrialização moderna. Tem como representantes Pollock, Löwenthal, Adorno, Benjamin, Marcuse, Habermas e Max Horkheimer.

Na década de 40, Adorno e Horkheimer criaram o conceito de indústria cultural, referente à produção da cultura como mercadoria. Segundo os filósofos, a indústria cultural, ao criar a padronização, anula toda a individualidade da arte, pois ela estaria sendo tratada como objeto de mercadoria, estando sujeita as leis de oferta e procura do mercado. Podemos citar como exemplo, a o Jazz, gênero musical americano que se espalhou pelo mundo a partir dos meios de comunicação de massa, no qual é descrito por Adorno como símbolo da degradação estética, sintoma da produção cultural voltada a estimular os meios de massa.

sss

 

Produtos culturais são entendidos como produtos feitos para impedir a atividade mental do espectador, portanto são vistos como produtos alienantes, um forte exemplo disso é a televisão, grande meio de comunicação de massa responsável pela manipulação do pensamento coletivo e que se utiliza de mensagens ideológicas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s